CONTAMINAÇÃO DO ÓLEO

A contaminação do fluido geralmente é classificada como pequenas partículas visíveis e não visíveis a olho nu. A contaminação do fluido deve ser tratada como importante, tanto no momento do projeto até a manutenção.
A manutenção é a maior despesa controlável, cerca de 80% das falhas dos equipamentos estão relacionadas à contaminação no óleo. O fato do fluido estar novo não significa necessariamente que esteja limpo.

De acordo com fabricantes de equipamentos, um fluido novo tirado do tambor nem sempre é próprio para ser usado em sistemas hidráulicos, lubrificantes ou isolantes. Para esses casos a única maneira de nos assegurarmos da pureza absoluta do óleo é realizando a filtragem.

Últimos Posts

18 Outubro 2016

Linkedin

Facebook